A Psicodelia Do Rock No Brasil – 70 Em 7 Músicas

Raphaella Francisco

A música em dias de ditadura no Brasil foi além da Tropicália e Jovem Guarda, mesmo com inúmeros problemas de desvalorização ao estilo; com festivais fracassados e a dificuldade de retorno de gravadoras, alguns artistas da nova geração MPB que você conhece bem, fizeram mais músicas do que se imagina!

Tudo começa no final dos anos 60 – e para ser mais precisa, entre 67 e 68 – já tinha um conjunto forte de músicas complexas, regadas a doses fortes de psicodelia, progressivo, jazz, rock e um tiquinho assim de carimbó rolando com força!

1 – Lula Cortês e Zé Ramalho – Nas Paredes da Pedra Encantada, os Segredos Talhados por Sumé

O álbum, gravado em 1974 durante aproximadamente 2 meses, em uma gravadora em Recife, é considerado o LP mais caro da história; isso porque sua tiragem foi de apenas 1 300 cópias, e dessa conta, 1 mil foram perdidas durante uma enchente. VEJA BEM, sobraram apenas 300 cópias e após 30 anos da sua gravação, o selo foi relançado, avaliado em mais de R$ 4 mil. Para nossa sorte, você pode ouvir um pouco dessa Delícia Cremosa do Rock Brasil aqui.

2 – Os Mutantes – Deixe Entrar um Pouco D’Àgua no Quintal

Óbvio que teria pelo menos uma dos Mutantes nessa lista; o álbum, também de 1974, só conta com o guitarrista Sérgio Dias da formação original. O LP também é bem do carinho, por ser item de colecionador, gravado em apenas um take. Ouve aí e me diz se esse resultado tá bom para você. 😉

3 – Casa das Máquinas – Vou Morar no Ar

Entramos uma parte em que carinhosamente chamo de “música cantante”. Aquela de dá pra ouvir na estrada e cantar bem alto! Lançado em 1975, o álbum da Casa das Máquinas, é pesadíssimo, uma mistura bem bacana de rock psicodélico, hard rock, progressivo e glam rock. Essa galera já fazia parte do role do rock há muito tempo antes do lançamento do disco; eles sabiam bem o que estavam fazendo. Só fecha os olhos e aproveita.

4 – Alceu Valença – Maria dos Santos

Essa aqui é para dar uma acalmada no coração depois de ouvir toda essa “confusão” das três primeiras indicações. Do álbum Espelho Cristalino, de 1977. O que mais chama atenção é esse baixo maravilhoso em todas as músicas. O Suprassumo do rock classudo com um tiquinho assim de baião. Mais qualidade Nordestina dos anos 70 do que isso, não existe. Indiquei porque amo e acho que todo mundo merece ouvir.

5 – Erasmo Carlos – É Preciso dar um Jeito Meu Amigo

Olha ele aí, não sabemos o que aconteceu com a vida do famoso Tremendão nessa fase; e digo, que tenho ouvido muito esse som por aí nos últimos tempos. Do álbum Carlos, Erasmo, de 1971, toda vez que eu escuto, o meu coração classic rock bate mais forte.

6 – Vímana –  Perguntas

A gente QUASE teve um Yes brasileiro, uma vez que essa banda lá em 1970 juntou Lulu Santos, Ritchie, Lobão e ensaios com o ex-tecladista do Yes, Patrick Moraz. Bom, eles se juntaram, fizeram um disco bacana, ensaiaram com o cara – que no final parece que não gostava muito do Lulu Santos e foi isso. Ninguém nem viu. Vale a pena escutar sem se apegar aos músicos, ok?

7 – Clube da Esquina – Trem de Doido

Esse é obrigatório! O Clube da Esquina foi um movimento que rolou entre amigos em Belo Horizonte e rendeu um monte de música boa pra gente. Já é bem conhecido e foi gravado em 1972. Entre os “migos” temos os irmãos Borges, Beto Guedes, Milton Nascimento com sua voz que se equivale a 10 mil anjos e mais uma galerona, como Flávio Venturine e Tavinho Moura. Desse role surgiu esse álbum aqui. Um rockzão com letras como essa de Trem de Doido, inspirado no Holocausto Brasileiro de Barbacena. Não tem nem como botar defeito!

O movimento do Rock Psicodélico/Progressivo no Brasil não acabou nos anos 70.

Além dessas bandas da lista, há várias outras, como Ave Sangria, Tropicália, Som Imaginário, O Terço, A Bolha, Secos e Molhados (há controvérsias), Macaco Bong e outras.

De uma coisa eu tenho absoluta certeza, tem muita coisa BOA para ouvir e descobrir sobre a música do nosso Brasilzão de Meu Deus.

Deixe um Comentário

Música-Sábia -1.jpgMalha-Um-Jogo-Delicioso-De-Pobre-4.jpg